Logística

Conheça os benefícios de levar a sua operação logística para o Espírito Santo

Entenda os principais benefícios de levar a operação logística da sua empresa para o Espírito Santo e os incentivos que o estado oferece.

Andrea

13 de April de 2022

O Espírito Santo tem atraído cada vez mais empresas e investidores para o seu estado que, com frequência, instalam seus centros de distribuição ou abrem uma filial em armazéns gerais para se beneficiar dos incentivos fiscais da região e da sua posição geográfica estratégica no Brasil.

É um estado com uma estrutura logística bem desenvolvida, com diversas opções de armazéns, portos e rodovias, além de fácil acesso e escoamento para as regiões sul, sudeste, nordeste e centro-oeste, atingindo 60% do PIB brasileiro em um raio de até 1.200km.

Assim, posicionar o estoque no estado do Espírito Santo faz com que as empresas consigam atender grande parte do seu público consumidor de forma rápida e econômica, se comparado a outras regiões.

O Espírito Santo também traz agilidade na abertura e funcionamento de novas operações, acelerando o processo de aplicação para os benefícios fiscais oferecidos pelo estado, como o COMPETE e o INVEST, com a consequente redução da carga tributária das empresas que atuam na região.

Por que levar a sua operação logística para o Espírito Santo?

A seguir vamos contar 7 motivos do porquê levar sua operação logística para o estado do Espírito Santo, seja por meio da terceirização, ou abrindo uma estrutura própria:

1. Vocação logística

Localizado no litoral brasileiro, na região Sudeste, faz fronteira com três grandes estados brasileiros (RJ, MG, BA), fica próximo de São Paulo e é porta de entrada para a região nordeste. Como já dito anteriormente, em um raio de 1.200 km alcança mais de 60% do PIB brasileiro, estando estrategicamente localizado entre o continente e o mar.

Com uma malha de rodovias federais de dimensão total de 1,6 mil km e rodovias estaduais que somam 6,5 mil kmBR 101 (principal eixo rodoviário do país), BR-381, BR-259, BR-262, ES-80 e ES-60 – o Espírito Santo atende e liga cidades importantíssimas para o movimento econômico, como: Maceió, Salvador, Rio de Janeiro, Santos, Florianópolis, entre outras. Suas estradas se caracterizam pelo denso fluxo de movimentação de veículos de carga e de passageiros. Por serem rodovias de conexão e de rotas de saída da produção, tanto para o mercado interno quanto para o externo, são consideradas corredores logísticos estratégicos.

Além disso, essa estrutura rodoviária se conecta com os diversos portos do estado, sendo o Espírito Santo o quarto estado brasileiro com maior movimentação portuária. Seu amplo sistema portuário conta com 10 portos, entre unidades já em funcionamento, em construção e em processo de estruturação. Um dos principais é o Complexo do Porto de Vitória, administrado pela Companhia Docas do Espírito Santo (Codesa), que movimenta carga geral por meio dos terminais Cais de Vitória, Capuaba, Peiú, Atalaia, Flexibrás, TVV e CPVV.

Sabe-se da necessidade de uma infraestrutura eficiente de escoamento da produção para o grande mercado consumidor brasileiro e o ES tem trabalhado forte nessa solução.

2. Retorno sobre o investimento

O Espírito Santo, além de oferecer os melhores custos logísticos do Sudeste, apresenta os melhores incentivos fiscais do país para empresas do ramo atacadista, e-commerce e para quem trabalha com importação, através do COMPETE, INVEST, FUNDAP, FUNRES, entre outros.

Dentre os principais incentivos do estado está o COMPETE – ES, programa de desenvolvimento e proteção à economia do Espírito Santo, que prevê, através da Lei Nº 10.568 e 10.574/2016, uma redução de até 90% do ICMS para empresários do comércio eletrônico e atacadista.

Quer entender mais sobre o COMPETE e como aplicar para o programa? Então clique aqui e leia o artigo que a Stokki preparou sobre esse assunto.

Já o INVEST e o FUNDAP são benefícios fiscais para empresas que trabalham com importação e abrangem algumas questões como: diferimento do pagamento do ICMS, isenção do ICMS nas operações não abrangidas pelo diferimento, crédito presumido nas operações interestaduais, redução de base de cálculo do ICMS e estorno de débito fiscal.

3. Ambiente de negócios

O Espírito Santo é o estado com maior solidez fiscal do país, segundo indicou o Ranking de Competitividade dos Estados 2020 elaborado pelo Centro de Liderança Pública (CLP). Dono de uma Nota A em gestão fiscal desde 2012 pelo Tesouro Nacional, o estado recebeu 100 pontos em solidez fiscal – quase 20 pontos a mais que o segundo colocado.

4. Segundo em liberdade econômica

De acordo com o Centro de Liberdade Econômica Mackenzie, através do Índice Mackenzie de Liberdade Econômica Estadual (IMLEE) o Espírito Santo está em 2° lugar no ranking. O índice avalia as condições de se empreender nos diferentes estados brasileiros e o grau de interferência estatal.

5. Ambiente institucional

Com instituições como o ES em Ação o empreendedor possui um grupo de apoio frente aos assuntos de gestão pública.

6. Capital humano

Estado com o melhor Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (DEB) e conta com diversas instituições que trabalham a formação de mão de obra técnica.

7. Qualidade de vida

O Espírito Santo inspira através de sua rica cultura, vive saúde, oferece diversas opções de lazer e presenteia moradores e turistas com praias paradisíacas.

Terceirização logística no Espírito Santo

Uma opção para a sua empresa se beneficiar do todos os pontos positivos que o Espírito Santo oferece, sem precisar investir em infraestrutura própria, é terceirizando a logística para um armazém da região.

Muitas empresas procuram o Espírito Santo em função dos benefícios fiscais e acabam se impressionando com os ganhos estratégicos de posicionar o estoque no estado capixaba, principalmente em relação aos custos operacionais de armazenagem e frete e a sua localização.

Quer entender melhor quanto custa levar a sua operação logística para o Espírito Santo e se beneficiar de todos os pontos positivos que o estado oferece? Então, fale com um especialista da Stokki. Nós podemos te ajudar.

Share:

Comments are closed.

Subscribe to our newsletter

Do you want to receive articles like this?
Subscribe to the Stokki’s newsletter and receive exclusive content about fulfillment, warehousing, logistics, inventory management and more.